Quem somos?

O QUE É A LINHA VERMELHA? 

Vamos tecer e tricotar Linhas Vermelhas por todo o país! 

Queremos ganhar atenção nacional e mobilizar a nossa população para mostrar ao país que não queremos novas prospeções e explorações de combustíveis fósseis em lado em nenhum, de forma a contribuir para o objetivo de limitar o aumento de temperatura em 1.5ºC. 

PORQUÊ UMA LINHA VERMELHA: 

Esta Linha Vermelha materializa a voz dos que têm dito e repetido – NÃO – à prospeção e exploração de hidrocarbonetos – aqui e no mundo
Através da tecelagem e do tricot, informamos e mobilizamos a população, que de outra forma não estaria consciente e sensibilizada para este crime. 

Vamos falar a uma só voz e dizer que esta Linha Vermelha representa os limites dum planeta justo e habitável, em que o aquecimento global não ultrapassa os 1.5ºC. 

QUEM SOMOS: 

A Linha Vermelha é dinamizada pela Academia Cidadã e junta ativistas pela justiça climática e todas as pessoas preocupadas com a crise climática, ecológica, ambiental e social.  

COMO COMEÇOU: 

Em 2016 existiam em Portugal 15 concessões para exploração de hidrocarbonetos (gás e petróleo). A Linha Vermelha foi criada para lutar contra estas concessões. 

A primeira Linha Vermelha, ainda sem campanha oficial, foi tecida em Junho de 2016 por um grupo de amigos ativistas, nos Jardins da Fundação Gulbenkian. Foi escolhido então esse local, como forma de protesto acerca da Fundação, já que esta detinha, na altura, a petrolífera Partex Oil and Gas. Foi tecida uma Linha Vermelha de aproximadamente 60 metros, que, logo em julho do mesmo ano, fez parte do Cordão Humano em Tavira, uma ação contra a exploração de petróleo ao largo de Aljezur. 

Posteriormente, a Academia Cidadã e o Climáximo juntaram-se para dinamizar esta ideia e fazer com que a Linha Vermelha, de 60 metros já tecida e tricotada, aumentasse e fosse feita por pessoas de todo o País. 

Este foi o início da campanha da Linha Vermellha. Escolhemos posteriormente o dia 12 de Novembro de 2016, na Marcha pelo Clima, em Lisboa, para apresentar oficialmente a Campanha Linha Vermelha e foi aqui que mostrámos a primeira linha. 

Descobre os eventos em que estivemos presentes desde 2016: 

OS NOSSOS PARCEIROS: 

A Linha Vermelha é um projeto da Academia Cidadã, em parceria inicial com o coletivo Climáximo.

Contamos também com a colaboração de diversas pessoas, organizações e empresas espalhadas por todo o país.

Susana Bettencourt

Asmaa

Tavira em Transição

Tricotadeiras de Aveiro

PALP – Plataforma Algarve Livre de Petróleo

Cultura no Muro

Fábrica de Alternativas

Guerrilla Crochet

Panos da Vera

Renovar a Mouraria

Campo Aberto

Tricotadeiras de Oeiras

Clube das Costureirinhas

Universidade Sénior AGITAR

Tamera

Município de São Brás de Alportel

Presas por um Fio

GEOTA

Rota Jovem

Gato Vadio

Espaço Compasso

Casa da Floresta

Centro Comunitário de Carcavelos

ALA – Alentejo Litoral pelo Ambiente

Pólen

NAPA – Núcleo Académico para a Proteção Ambiental

Núcleo do Ambiente da Faculdade de Letras de Lisboa

Fossilgasfallan, da Suécia

k-evolution

Gang da Malha

Cooperativa Integral Minga

Miratecarts

Centro Comunitário de Linda-a-Velha

Moagem

Associação Pé de Xumbo

Côr de Violeta

Sociedade Harmonia Eborense

Bola de Pelo criações

Galeria Santa Clara

Liquidâmbar

Puro Verde

7 irmãs

Município de Porto de Mós

Greve Climática Estudantil

Knitting Nannas Against Gas Lismore

OS NOSSOS DOADORES:

Guerrilla Foundation
Minor Foundation for Major Challenges
Burning Man – Global Art Grants

Se quiseres ver todos os nossos eventos, podes visitar esta página.