Petróleo e Gás

 

Fracking, o que é?

 

Em vídeo de 2:30 mnts

https://www.youtube.com/watch?v=WRKHgTQI40o

Em texto : O que é o Fracking?

Fracking ou Fracturação hidráulica é uma tecnologia muito utilizada na exploração de petróleo e gás natural. É o processo no qual o fluido de fracturação (uma mistura de água, areia e vários quimicos) é injectado a alta pressão para quebrar a rocha e abrir e alargar fracturas de modo a que os hidrocarbonetos (petróleo ou gás) possam fluir. Entre 25 e 90% do fluido inicialmente injectado permanece no subsolo.

Os químicos utilizados são altamente prejudiciais para o ambiente e saúde humana, existindo um enorme risco de contaminação das águas e do ar.

O processo em imagens:

 

Argumentos contra o fracking

 

Argumentos contra o Fracking Edit

1 – Contaminação da água potável na superfície e fontes subterrâneas por até 600 substâncias químicas tóxicas e cancerígenas. As três mais comuns são naftaleno, cloreto de benzilo e formaldeído. Além da contaminação, as operações de fracking requerem bilhões de litros de água, que poderiam ser utilizados pelas famílias, animais e indústria.

2 – Esterilização do solo, tornando-o infértil para agricultura, contaminando a produção e inviabilizando a pecuária.

3 – Poluição do ar pelo metano, que após o fracturamento chega à superfície pelas milhares de fissuras no solo. O metano ‘fugitivo’ libertado durante as perfurações também chega às torneiras e aos rios, tornando a água inflamável (com risco de explosões) e imprópria para o consumo.

4 – Terramotos são outro terrível impacto já relaccionado ao fracking. De acordo com o Serviço Geológico de Oklahoma, entre 17 e 24 de Junho de 2015, o estado americano registou 35 terremotos de magnitude 3.0 ou superior, um salto enorme em relação à média de cerca de 12 por semana registados ao longo do ano de 2014.

5 – O Fracking intensifica as mudanças climáticas, através da liberação de gases que favorecem o agravamento do aquecimento global. Vazamentos de operações de gás de xisto não só emitem gás metano, mas também os compostos orgânicos voláteis (COV) que contribuem para a poluição atmosférica. Com fracking há maior incidência de secas, enchentes e tufões, além de variações radicais do clima.

 

Fracking: consequências

 

Vídeos curtos:

 

https://www.youtube.com/watch?v=4LBjSXWQRV8

 

https://www.youtube.com/watch?v=4ApZkNsXfJE

 

https://www.youtube.com/watch?v=PlVbyWeXJoM

 

Documentário Gasland

 

https://www.youtube.com/watch?v=k3eYX7LaLLg

 

Documentários

 

Legendados:

There’s No Tomorrow (34mnts)  »» aqui

Do The Math (44mnts) »» aqui

Recursos, Custos, Benefícios & petrolíferas? Frack M’isto! »» Vídeo (42 mnts) aqui

The Age of Stupid (1h28mnts) »» aqui

Food Inc. (1h33mnts) »» aqui

Gasland (1h42mnts) »» aqui

Cowspiracy (52mnts) »» aqui

 

Sem Legendas :

Blockadia Rising (53mnts) »» aqui

Anima Mundi (1h17mnts) »» aqui

Disruption (52mnts) »» aqui

Crude (1h44mnts) »» aqui

Disobedience (37mnts) »» aqui

Mais documentários, sem lengendas »» aqui

 

Petróleo e os desastres ambientais

 

Petróleo e os desastres ambientais Edit

Desde 1901 até 2009, foram derramadas 8.486.833 toneladas de petróleo. Estes números referem apenas os 71 derrames que tiveram uma dimensão superior a 10.000 toneladas. (Fonte)

Desde 2010 até 2015 foram derramadas 33.000 toneladas de petróleo no Oceano. (Fonte)

Quando há um derrame de petróleo, quais as consequências para o ecossistema?

Alguns dos maiores derrames de petróleo, da história. »» aqui